Adeus a Joan Rivers


Após passar por condição médica delicada, a família de Joan decidiu desligar o sistema respiratório artificial que a mantinha viva. Canal exibe especial bloco de programação especial com seus melhores momentos e sua brilhante carreira.

Melissa Rivers, filha da estrela do prime time do E! Joan Rivers, anunciou através de um comunicado que hoje, 4 de setembro, às 13h17, sua mãe foi declarada morta no Hospital Mount Sinai, em Nova York, após a retirada do suporte respiratório que a mantinha com vida após apresentar complicações durante uma cirurgia menor na garganta.

A estrela do E! apresentou um quadro delicado durante um procedimento cirúrgico nas cordas vocais, parando de respirar e precisando ser levada de emergência para a unidade de terapia intensiva do hospital nova-iorquino.

Descendente de família russa-judaica, Joan nasceu em 1933 no Brooklyn, em Nova York, e entrou no mundo do espetáculo na década de 60 com seus hilários monólogos; foi ganhando cada vez mais espaço no meio, conseguindo virar uma das figuras femininas mais importantes da comédia dos Estados Unidos, participando de shows de stand up comedy em todo o país, na TV, no cinema e na Broadway.

Depois de crescer na cena dos late night shows durante os anos 80, pelas mãos de seu mentor, Johnny Carson, Joan passou momentos difíceis na vida pessoal e profissional que a obrigaram a ficar longe das telas por vários anos, mas voltou à TV no início dos anos 90 pela porta da frente - como parte da família de talentos do E! Entertainment Television - para apresentar as transmissões dos tapetes vermelhos das premiações mais importantes de Hollywood.

Agradecemos por todos os anos de risadas, Joan. Sentiremos sua falta. Que descanse em paz.